segunda-feira, 14 de novembro de 2016

Devaneio: As metáforas

As metáforas são o sal da literatura.

Conheço pessoas que adoram a comida salgada. As vezes conseguem por tanto sal que a comida deixar de ter o sabor próprio, para apenas saber a sal.

Há outras pessoas que nem metem sal, ficando a comida sem gosto e sem graça.

Depois há aqueles génios da culinária que metem a dose adequada de sal, de tal forma que a comida tenha o seu próprio gosto, sem ficar sem graça.

Eu gosto de comida com uma pitada de sal certeira. Apesar disso, quando cozinho, o normal é esquecer-me do sal. Mas por vezes consigo acertar na medida certa.

Sem comentários:

Enviar um comentário